EsportesMGNotícias

Sette Câmara cogita emprestar jogadores do Galo a clubes do interior

Presidente do Atlético demonstrou preocupação com a situação financeira dos clubes menores

A disputa do restante do Campeonato Mineiro é uma grande incógnita em meio à paralisação do calendário esportivo. Em entrevista ao programa Super FC, da Rádio Super – 91,7 FM, o presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, revelou que vem mantendo contato constante com o presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF), Adriano Aro, e destacou a dificuldade dos clubes do interior para o retorno da competição no momento em que a situação da pandemia do novo coronavírus for controlada. Entre as questões conversadas, o presidente alvinegro sugeriu até emprestar jogadores do Galo, sem custos a essas equipes, para que o torneio possa ser finalizado.

“Minha preocupação é com os times menores que fazem contratações pontuais. Eles começam a montar as equipes em novembro e os contratos terminam, geralmente, no fim de abril. Em tese, os clubes que vão participar das Séries A, B, C ou D têm que ter um elenco perene, mas outros não. Creio que dois ou três clubes não vão conseguir terminar a competição. São imbróglios que não temos resposta. No que depender do Atlético, vamos fazer o possível para dar sequência ao campeonato. Se houver necessidade de emprestar algum jogador que esteja disponível, sem custo, para algum clube que não tenha condições, o Atlético empresta. Acho que o Cruzeiro e o América também teriam condições de fazer isso”, explicou o dirigente.

Nas últimas semanas, o Super FC conversou com grande parte dos dirigentes dos clubes do interior e muitos deles já começaram a rescindir os contratos com os atletas, uma vez que não há previsão de quando as competições vão poder retornar – casos de Patrocinense, Villa Nova, Caldense e Tupynambás. Os clubes que disputam as Séries C e D do Campeonato Brasileiro vão receber um auxílio da CBF de R$ 200 mil e R$ 120 mil, respectivamente, de acordo com a divisão disputada. No entanto, mesmo com o repasse, a ideia da maioria é de dispensar os atletas e voltar a contratar apenas quando o calendário estiver definido.

Publicidade
Fonte
Super FC

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios