Meu INSSNotícias

INSS e Você – Evite golpes

INSS não pede documentos por mensagem de texto

Os segurados e beneficiários do INSS devem ficar sempre atentos, porque as tentativas de golpes continuam ocorrendo, buscando obter dados pessoais das vítimas. Em alguns casos, os golpistas se apresentam como servidores do INSS, que estariam realizando algum serviço, como a Prova de Vida, o pagamento de revisões ou evitando o bloqueio de pagamento no banco. As abordagens podem ocorrer por carta, e-mail, telefonema ou mensagem de celular (WhatsApp ou SMS). A orientação é sempre a mesma: não envie dados pessoais, fotos e documentos e não clique em links que chegaram por mensagem.

Nos contatos, os golpistas geralmente solicitam dados pessoais e fotos de documentos. Podem chegar a enviar links para que o segurado realize a biometria facial. A pessoa que fala é muito segura e pode até passar algum dado pessoal do segurado, simulando assim um atendimento de fato.

A orientação para os segurados é que, caso recebam esse tipo de ligação, desliguem o telefone e não forneçam nenhuma informação. Se a abordagem for por mensagem de texto, bloqueie o número de telefone. E reforçando: o INSS não faz contato por telefone para procedimento de prova de vida nem manda links por mensagem para a realização de biometria facial.

É importante ressaltar que toda a documentação, quando solicitada em caso de cumprimento de exigência, ou seja, quando o segurado já entrou com algum pedido no INSS, deve ser anexada via Meu INSS, disponível como aplicativo para celular ou no site gov.br/meuinss.

Para evitar cair nesse tipo de golpe, é importante ficar atento às dicas:

– O INSS nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados nem pede o envio de fotos de documentos por e-mail, WhatsApp ou outros canais de mensagem;

– O canal digital oficial para envio de documentos é o Meu INSS (site gov.br/meuinss ou aplicativo para celular). O segurado jamais deve enviar documentos por e-mail;

– O número do SMS usado pelo INSS para informar os cidadãos é 280-41. O Instituto nunca manda links e as informações sobre o andamento dos processos estão disponíveis no Meu INSS e na Central Telefônica 135, que funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h;

– A biometria facial deve ser feita exclusivamente pelo aplicativo gov.br;

– Sempre que o INSS convoca o cidadão para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no Meu INSS e também pode ser verificada pela Central 135;

– A pessoa deve utilizar apenas os canais oficiais de atendimento para cumprir qualquer solicitação do INSS, seja para agendar um serviço, seja para entregar algum documento: aplicativo/site Meu INSS ou Agência da Previdência Social (com agendamento via canais remotos);

– Ao ligar para a Central 135, o atendente pode pedir algumas informações. Esse é um procedimento de segurança para confirmar a identidade de quem ligou;

– Mantenha sempre atualizados os seus dados de contato, como telefone, e-mail e endereço. Isso deve ser feito pelo Meu INSS ou pela Central 135.

O que fazer em caso de golpe

Tentativas de golpes devem ser denunciadas à Ouvidoria pela internet (falabr.cgu.gov.br) ou pela Central 135.

Caso tenha sofrido um golpe, registre um Boletim de Ocorrência e comunique aos órgãos envolvidos (por exemplo, o próprio INSS e o banco em que recebe o benefício, se for o caso).

Prova de Vida

A obrigatoriedade da prova de vida está suspensa até 31 de dezembro e, até lá, nenhum benefício será suspenso. O INSS está trabalhando na implementação dos sistemas que vão fazer o cruzamento de dados para que a prova de vida seja feita automaticamente.

Mesmo sem a obrigatoriedade, caso deseje, o segurado pode fazer sua prova de vida pelos canais tradicionais (banco onde recebe ou pelo Meu INSS).

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios