BrasilEconomiaGeralNotícias

Ibovespa chega a cair mais de 7% com saída de Moro do governo

Durante seu pronunciamento, a bolsa chegou a cair mais de 7%. Às 11h38, o principal índice brasileiro de ações caía 5,32% e marcava 75.433,54 pontos.

Ex-ministro da Justiça Sérgio Moro cita promessa de “carta branca” feita pelo presidente Jair Bolsonaro

O Ibovespa intensificou o movimento de queda, na manhã sexta-feira, 24, após Sérgio Moro falar sobre sua saída do ministério da Justiça. Durante seu pronunciamento, a bolsa chegou a cair mais de 7%. Às 11h38, o principal índice brasileiro de ações caía 5,32% e marcava 75.433,54 pontos.

A possibilidade de Moro deixar o cargo vinha sendo sondada desde ontem, 23, quando o presidente Jair Bolsonaro o informou sobre a troca do comando da Polícia Federal. Nesta sexta, o nome defendido por Moro, Maurício Valeixo, teve sua exoneração confirmada. Foi o estopim.

Veja também:
Sergio Moro, o juiz da Lava Jato, deixa governo Bolsonaro
Maurício Valeixo, não é mais diretor da Políca Federal

“Não era uma questão do nome. O grande problema de realizar a troca é que viria a violação da promessa que me foi feita (a de que eu teria carta branca). Não tinha razão [para a troca] e ficaria claro que teria uma interferência política na Polícia Federal. Isso não foi feito nem durante a Lava Jato”, disse Sérgio Moro.

Publicidade

“Nesse momento de crise, muitas trocas já é preocupante, ainda mais de nomes fortes como [Luiz Henrique] Mandetta e Moro”, comentou André Perfeito, economista-chefe da Necton. Para ele, a disponibilidade que o presidente Jair Bolsonaro tem demonstrado em cortar ministros relevantes de seu governo como uma ameaça também ao ministro da Economia Paulo Guedes.

Bolsa em queda na manhã desta sexta-feira com saída de Moro
Bolsa em queda na manhã desta sexta-feira com saída de Moro

“O mercado fica com receio de até o Guedes estar fragilizado. O Pró-Brasil [também conhecido como ‘Plano Marshall brasileiro’], que organizaram sem o aval do ministério da Economia, aumenta as incertezas”, disse.

O mercado tem visto com grande cautela a saída de ministros com popularidades elevadas. “O isolamento do presidente está ficando cada vez mais em evidência. Isso acaba tornando-o mais frágil aos acontecimentos que podem ocorrer, como um impeachment”, disse Ilan Arbetman, analista da Ativa Investimentos.

Apesar da turbulência políticas no Brasil, as bolsas dos Estados Unidos seguiam trajetória de alta, após ser aprovado pela Câmara o estímulo fiscal de 484 bilhões de dólares, que devem ser destinados a hospitais e pequenas empresas. Os dados americanos de encomenda de bens duráveis referentes ao mês de março vieram melhores do que as expectativas e ajudam a endossar o otimismo no exterior. O índice S&P 500 tinha leve alta de 0,4%

Fonte
Exame
Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios