BrasilEconomiaGeralNotícias

Cuidado aos aposentados do INSS, criminosos estão aplicando o golpe da “prova de vida online”

O INSS emitiu nota para a imprensa chamando a tenção para o golpe e alerta: desligue imediatamente o telefone

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou nota para a imprensa alertando os aposentados e pensionistas sobre um golpe que está sendo aplicado com o nome do INSS. O criminoso entra em contato com o aposentado ou pensionista para pedir uma prova de vida online e justifica ser em razão da pandemia que a prova tem de ser feita através da rede internet.

O criminoso fala todos os dados pessoais e envia uma mensagem, por WhatsApp, pedindo para que o aposentado mande uma foto de um documento para finalizar o processo.

A prova de vida para aposentados e pensionistas do INSS voltará a ser obrigatória a partir de 1° de junho – até 31 de dezembro, dependendo da data prevista -quem não fizer terá o benefício bloqueado. A obrigatoriedade foi suspensa por várias vezes, desde 31 de maio do ano passado, com o intuito de evitar aglomerações durante a pandemia de covid-19.

Na nota expedida pelo INSS, o órgão alerta a todos para que, caso recebam esse tipo de ligação, desliguem o telefone e não forneçam nenhuma informação. “O INSS não faz contato por telefone para procedimento de prova de vida”, declara.

Ainda de acordo com o INSS, o instituto entra em contato com o cidadão em situações específicas e para informar a respeito de procedimentos, andamento de requerimentos ou realizar reagendamentos, e, em nenhum momento para solicitar qualquer informação, como CPF, nome da mãe ou senhas. “O segurado pode receber um e-mail, um SMS, uma carta ou ligação do INSS, sempre por meio dos canais oficiais de atendimento: Meu INSS, Central de Atendimento 135, ou SMS identificado como 280-41”, explica o órgão.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios